Orientações Sobre Hiperhidrose Axilar

Transpiração excessiva nas axilas tem solução!

A hiperidrose axilar, conhecida também como doença do suor excessivo, ocorre quando o indivíduo apresenta sudorese excessiva na região axilar independentemente do calor. Esse fato não causa graves males à saúde, mas provoca muito constrangimento. Afeta a qualidade de vida, interferindo na interação social e profissional, além das atividades diárias.
Estima-se que a Hiperidrose axilar, afete mais de 7,8 milhões de pessoas nos Estados Unidos, com maior incidência em adultos com idade entre 18 e 54 anos.
Através de um procedimento simples, rápido e que pode ser realizado no consultório, a transpiração excessiva nas axilas pode ser resolvida.
O tratamento das glândulas sudoríparas na derme, com a toxina botulínica (Botox®), inibe a liberação de acetilcolina, que diminui a produção de suor e reduz a hiperidrose.
Dentro de 1 a 2 semanas após o tratamento, ocorre uma diminuição significativa ou total da sudorese. A transpiração retorna gradualmente dentro de cerca de 9 a 12 meses. Após este período o tratamento com a toxina botulínica pode ser repetido.